Vendemmia

Frete: como economizar mais com uma empresa 4PL

Entenda os principais erros e como fazer para ter mais controle e eficiência

Eficiência também está em conseguir gastar menos, sem perder qualidade. Dentre os principais custos hoje para uma empresa, o frete é com certeza um dos que mais impactam, não só a qualidade do serviço, mas também o valor agregado dos produtos. Além disso, em média, uma em cada quatro faturas de frete acaba contendo algum erro. Portanto, quando você está processando centenas de transações por dia, isso pode causar um grande impacto em seus resultados financeiros. E isso é tudo que você não precisa. 

 

Administrar uma empresa pode ser uma despesa cara. Você tem salários de funcionários, impostos, eletricidade, água e outras contas a pagar. Os custos de frete, por sua vez, representam grande parte do orçamento. Quanto mais sua empresa cresce, mais esses valores também sobem. Ao combater a inflação desses custos, porém, você pode estar buscando soluções ineficientes ao manter uma estrutura similar em todas as situações. 

Ao implementar algumas mudanças mais efetivas, no entanto, é possível chegar a uma economia de tempo e também, claro, de gastos. Isso porque todos os dias faturas de frete são geradas com algum tipo de erro. Em alguns casos, esses custos inflacionados são devido aos erros administrativos básicos, sobretaxa de frete imprecisa ou taxas de envio, entre outros. O principal problema é que, muitas vezes, descobrir onde existe falha também pode gerar custos. 

Erros mais comuns com o frete

Portanto, quando se trata de mitigar as perdas associadas aos erros de faturamento e fatura de frete, é preciso atenção especial em toda a cadeia. Para isso, é necessário atenção especial em alguns tipos de problemas. A lista detalhada de informações de embarque que a transportadora fornece ao consignatário, o conhecimento de embarque, é uma delas.


  • Conhecimento de embarque mal preenchido

O conhecimento de embarque é um dos documentos mais importantes quando pensamos em frente, pois fornece todos os detalhes necessários para processar a remessa de maneira adequada. No geral, funciona como uma espécie de recibo. 

 

Portanto, se alguém cometer um erro ao inserir a transportadora, informações de contato e/ou informações de peso em seu conhecimento de embarque, o resultado é que a transportadora obtém informações de embarque imprecisas, levando a uma série de consequências, como atraso na entrega e sobrecarga na conta do frete. 


  • Peso incorreto

Além disso, o tamanho ou peso exato de um produto pode ser difícil de estimar. Quando você envia grandes quantidades, alguns quilos de desvio podem fazer uma grande diferença. Como resultado, a empresa pode receber uma cobrança excessiva ou gerar uma recobrança com valores mais altos. 


  • Gasto com combustível

As estimativas de combustível também podem flutuar, especialmente para rotas de entrega mais longas. Como os preços do quilômetro rodado estão sempre sujeitos a alterações, você pode estar perdendo milhares de reais superestimando seu frete ou não prevendo os altos custos dentro dos gastos gerais. O cálculo mal feito, portanto, resulta em prejuízos que muitas vezes demoram a ser detectados.


  • Custos desnecessários 

Da mesma forma, algumas entregas requerem ferramentas ou serviços além do escopo de uma coleta normal. Portões elevatórios, residências fechadas ou entregas com acesso limitado podem ser adicionados às faturas como despesas acessórias. Embora algumas sejam necessárias, pode ser difícil determinar quantas dessas cobranças são legítimas. Isso resulta em custos desnecessários ou mesmo não previstos devido ao fato de não terem sido identificados de forma correta.

Envio impreciso e a confiança do cliente

Uma grande quantidade de dinheiro (e tempo) é perdida simplesmente porque os detalhes não foram inseridos corretamente. Quando os itens não estão disponíveis ou são enviados para o endereço errado, você é responsável pelos custos de envio de volta ao depósito e, em seguida, pelo processamento do item para nova entrega.

 

Além dos custos imediatos, você perde algo muito mais valioso, que é a confiança do seu cliente. Consumidores podem e irão abandonar uma empresa após apenas uma entrega incorreta. Sem mencionar o potencial de comentários negativos, que pode, inclusive, afastar consumidores em potencial. 

 

Como estamos na era dos serviços rápidos e baratos, um simples erro pode contaminar um número enorme de clientes e gerar uma fama ruim que pode ser difícil de reverter. Quando pensamos em frete, erros são cada vez menos tolerados pelos consumidores e sua empresa pode sofrer consequências pesadas em sua imagem por erros que, muitas vezes, poderiam ser evitados com o controle correto.

Economizar com frete é essencial

As demandas por mais volume, serviço mais rápido e custos mais baixos continuam a determinar não apenas a qualidade do serviço de sua empresa, como seus gastos. Sempre que houver falhas ou ineficiência no controle das cargas, as chances dos custos mais altos também podem aumentar. Por isso, qualquer empresa precisa saber economizar no frete para se manter não apenas saudável financeiramente, mas também garantir que seus clientes continuem retornando. 


  • Conheça suas opções de transporte

Dentro desse cenário, conhecer bem as opções de transporte é fundamental. Existem três maneiras principais de enviar suas mercadorias: marítimo, aéreo e terrestre. O transporte marítimo costuma ser mais barato do que o transporte aéreo, especialmente quando se trata de mercadorias internacionais. 

 

Se seus produtos são locais, usar ferrovias pode ser mais barato do que usar caminhões, caso seja possível. A combinação das três opções de transporte também pode reduzir custos e melhorar os prazos de entrega.


  • Consolidação de mercadorias

Da mesma forma, a consolidação de mercadorias em um país pode ajudar a reduzir custos em até 25% em comparação com cargas que não são. O conceito é simples: remessas menores podem ser consolidadas em remessas maiores. Ainda que a consolidação possa levar mais tempo, ela ajuda a reduzir os custos de mão de obra e mantém as baias das docas abertas.


  • Embalagem eficiente

A embalagem incorreta pode gerar custos adicionais ao frete. Fale com sua operadora com antecedência e determine a quantidade ideal de embalagem para o seu produto. Isso não apenas economiza dinheiro nos custos de suprimentos, mas também libera mais espaço para um maior número de produtos.

 

  • Rastreie cada envio

Só porque uma remessa não está mais sob seu controle, não significa que você deve parar de monitorá-la. É muito fácil esquecer uma remessa quando ela está em trânsito, portanto, a ideia de que o carregamento está em movimento muitas vezes deixa as pessoas com uma falsa sensação de segurança. Isso está longe de ser o caso. Quanto mais controle tiver, mais chances de evitar gastos desnecessários.

Por que uma provedora 4PL traz mais economia

Dessa maneira, é possível identificar que conhecimento e controle são as formas mais garantidas de economizar com frete e ainda manter o serviço eficiente. Portanto, a implementação de um sistema de gerenciamento de frete 4PL traz diversos  benefícios, incluindo acesso a um processo uniforme de ponta a ponta. 

 

O motivo é que um provedor 4PL gerencia toda a cadeia de suprimentos e serve como o único ponto de contato para todas as partes. Por isso, com todo o processo logístico concentrado nas mãos de um único fornecedor, é possível ter uma visibilidade mais ampla da operação, maior controle e planejamento, corrigindo rotas de maneira mais ágil, sempre que necessário. Como resultado, os custos com frete são reduzidos. 

 

Ao ter controle de todo supply chain, um provedor de logística integrada consegue economizar com base em eficiência. Ao contrário de uma logística 3PL, por exemplo, que é responsável apenas por embalar os produtos em caixas e transportá-los para o cliente final, o fornecedor 4PL gerencia toda a comunicação e o controle, desde o contato com o produtor da mercadoria ou matéria-prima. Isso possibilita maior eficiência em todo o trajeto, permitindo transporte e embalagem mais eficientes.

Estrutura própria para maximizar ganhos

Dentre os fornecedores 4PL, a Vendemmia é hoje a única empresa do setor que consegue operar por meio de estruturas próprias (importação, transporte e armazenagem), maximizando os ganhos dessa cadeia com benefícios fiscais, tributários, aduaneiros e financeiros. Ou seja, além de cuidar para que toda a cadeia tenha redução de custos, o controle total em todo o processo permite economizar com frete e entregar de maneira mais eficiente ao cliente. 

 

Fora isso, a Vendemmia também é a única do setor que possui uma plataforma tecnológica própria, que traz em um único ambiente toda a visibilidade da cadeia. Esse controle e know-how são dois aspectos primordiais que permitem uma redução nos custos de frete, pois apresentam uma visão estratégica para criar uma nova rede de cadeia de suprimentos que gerencie com eficiência o fluxo de produtos em todas as plataformas. 

 

Sendo assim, não é apenas logística, é uma inteligência fiscal, tributária, aduaneira e financeira para oferecer a melhor solução nesses quatro pilares. Um fornecedor 4PL como a Vendemmia, por exemplo, pode assim monitorar a carga desde seu envio até a entrega em todos os passos, realizando desde planejamento, compra, importação, armazenamento e expedição até o transporte final por meio de um mesmo sistema. Mais controle e eficiência, gerando menos gastos para um frete reduzido.


Leia mais assuntos: