Vendemmia

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

Como minimizar o impacto da alta dos fretes internacionais em seu negócio

4PL é a alternativa para solucionar problemas de falta de containers e crise do comércio internacional

Empresas do mundo todo estão sentindo o atual cenário de vendas e negócios internacionais. O transporte marítimo de mercadorias se encontra em uma situação única, em que os imprevistos deixaram uma escassez global de contêineres. Isso, por sua vez, gerou um efeito dominó na cadeia de abastecimento, afetando o comércio global.

 

No início de 2020, quando a pandemia de Covid-19 começou a se espalhar, muitos países passaram a implementar bloqueios nacionais e interromper a produção de bens. Como resultado direto, essas ações acabaram cessando o crescimento econômico. As companhias marítimas começaram a reduzir o número de navios de carga, o que não apenas cortou o fluxo normal de mercadorias importadas e exportadas, mas também prejudicou a reposição de contêineres vazios.

Conforme os países iniciaram a luta contra a Covid-19 para se recuperar, era esperado que os resultados melhorassem um pouco. A China, que foi o primeiro país a ser afetado pela doença, foi capaz de retomar seu comércio de importação e exportação a níveis próximos pré-pandemia. Entretanto, isso não se estendeu automaticamente a outros países, como o Brasil, e ainda não conseguiram retomar aos padrões anteriores ao vírus.

Impacto nos preços de frete

Todo esse cenário desfavorável gerou um aumento nos fretes internacionais. A pandemia, preocupações com uma guerra comercial entre os EUA e a China, Brexit, o acidente com o navio Ever Given que ficou encalhado por aprox. 1 semana , bloqueando a rota dos navios que passam pelo canal de Suez  e outros fatores contribuíram para a alta dos preços atuais. Em geral, há uma maior demanda por frete marítimo do que o acesso aos navios e contêineres. Como resultado, há uma escassez generalizada de contêineres. Os armadores  priorizam os mercados e as vias de comércio onde ganham mais dinheiro, o que resultou na falta de contêineres nas vias de comércio menos priorizadas.

 

Além disso, os bloqueios significaram uma redução de funcionários portuários, operários de fábrica e motoristas, bem como fechamentos temporários de fábricas. Isso afetou diretamente a velocidade dos tempos de trânsito, além da produção e manuseio de carga em toda a cadeia de abastecimento global. Vários contêineres permaneceram em fábricas que foram temporariamente fechadas. A redução do número de contêineres ativos impactou os valores cobrados, que passaram a ser bem mais altos do que o mercado estava acostumado a pagar.  

 

Com atividade econômica restrita e movimentação limitada de carga, muitos armadores  tiveram que anunciar os chamados blank sailings, quando a rota é alterada, gerando cancelamento de atracação no porto, a fim de reduzir custos e economizar os recursos que seriam gastos no envio de contêineres vazios. Esses fatores agravaram o desequilíbrio na demanda e oferta das indústrias de transporte, manufatura e varejo e, com o número reduzido de navios, as transportadoras não conseguiram recolher os contêineres vazios. 

 

Como resultado, isso acarretou em uma crise global, mantendo os preços de fretes internacionais nas alturas. 

Logística integrada como solução

A crescente demanda para movimentação de contêineres e a falta de capacidade adicional resultou em uma onda de cargas roladas, ou seja, quando não são embarcadas no navio originalmente escolhido, ficando em espera. Em dezembro de 2020, mais de um em cada três contêineres transportados globalmente foram rolados em centros de transbordo. O resultado da rolagem de carga são atrasos excessivos para chegar aos destinos, imprevisibilidade de programação e carga encalhada nos portos. 

 

É improvável que esta situação frustrante seja resolvida em breve, considerando o uso crescente das operadoras da chamada capacidade de curto prazo (short-term capacity), estratégia usada para lidar com mudanças inesperadas na demanda de uma maneira econômica eficiente, para equilibrar oferta e demanda. Inclusive, existe a possibilidade das transportadoras manterem sua flexibilidade de roteamento e reencaminhamento durante o trânsito, otimizando o custo de suas operações de navio em vez de voltar ao cenário de programações totalmente pré-planejadas. 

 

Sendo assim, para garantir que as cadeias de suprimentos continuem funcionando, o uso de logística integrada pode ser uma solução para contornar a atual crise dos altos valores de frete. Isso porque os fornecedores 4PL contam com profissionais operacionais internos que podem ter uma visão melhor de todo o cenário.

Melhor tomada de decisões e soluções

Ter essa visibilidade permite que as organizações entendam o que está acontecendo na cadeia de suprimentos, identifiquem onde estão os riscos e tomem as decisões de negócios certas. O provedor 4PL pode realizar uma parceria com organizações, obtendo acesso a dados históricos e entendendo os objetivos da empresa para melhorar a tomada de decisões. 

 

Aproveitando a tecnologia integrada, o especialista em logística integrada fornece à empresa uma visibilidade de ponta a ponta em tempo real de toda a sua cadeia de suprimentos para identificar restrições e agir rapidamente para mitigá-las. Dessa maneira, as ferramentas de visibilidade 4PL fornecem às empresas um planejamento de contingência para rastrear, analisar e agir sobre os fatores de atraso de trânsito, como congestionamento do porto, navegação pontual e transbordos para um planejamento preciso e melhor resposta para crises.

Uso de dados e análises técnicas

Com os contêineres há mais tempo sendo usados ​​pelos transportadores, presos em depósitos no interior ou em navios, a disponibilidade constante de contêineres marítimos tornou-se mais complicada em regiões onde o abastecimento não era um problema. Reservas contínuas, serviços cancelados e blank sailings são o “novo normal” para exportações e importações. 

 

Por isso, tomar decisões baseadas em dados é uma maneira inteligente de gerenciar esses problemas e mitigar interrupções de forma proativa. Um 4PL possui dados avançados e recursos de análise que podem transformar os dados da sua cadeia de suprimentos em percepções significativas, tomar decisões baseadas nessas informações e ajudar sua empresa a se preparar para interrupções. Usando dados atualizados, ferramentas analíticas avançadas e técnicas de inteligência artificial, um 4PL conduz um planejamento mais eficiente e apresenta planos proativos de mitigação de risco. 

 

4PLs também possuem ferramentas para permitir que sua empresa preveja quando e onde excessos e escassez podem ocorrer e navegue por eles de forma proativa. Desta maneira, um 4PL pode antecipar a escassez de contêineres e, em seguida, mitigá-los despachando mais volume em um estágio anterior por meio de uma rota diferente, em vez de esperar antes que ocorram interrupções.

 

Mesmo em mais um ano marcado pelo enfrentamento da Covid-19 e fretes marítimos a preços astronômicos, a Vendemmia, por exemplo, teve um primeiro semestre de sucesso em suas atividades, com um volume de negócios 15% maior comparativamente ao registrado em igual período de 2020. Além da grande experiência de mercado, a Vendemmia possui contratos com alguns dos maiores agentes de carga do mundo e um volume constante de transporte histórico com uma alta demanda, o que viabiliza os espaços em contêineres. Com isso, a empresa nunca deixou de embarcar nenhum de seus clientes. 

 

Além disso, a empresa  lançou recentemente sua plataforma digital, o Vendemmia Analytics. A ferramenta concentra todas as informações logísticas dos processos contratados, além de permitir a comunicação rápida com os clientes e acompanhamento real time de todo o fluxo em um único ambiente. Os resultados da análise de conjuntos de dados mostram o que a organização pode otimizar, quais processos podem ser melhorados e automatizados e também quais podem obter melhor eficiência, indicando da mesma forma o que é improdutivo. 

 

Desta maneira, é possível ter mais eficácia pois as áreas podem tomar decisões baseadas em dados confiáveis e totalmente direcionados ao que realmente importa para cada setor. Com isso, o Vendemmia Analytics consegue, sozinho, dar conta de todas as informações necessárias, criando uma facilidade que antes não era possível.


Leia mais assuntos:

_linkedin_partner_id = "3373314"; window._linkedin_data_partner_ids = window._linkedin_data_partner_ids || []; window._linkedin_data_partner_ids.push(_linkedin_partner_id);