Vendemmia

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

A importância da armazenagem para a logística

O maior valor agregado desse serviço é a gestão de estoques para os clientes

O cuidado com o transporte de produtos pode ser completamente inútil caso a mesma atenção não seja dada ao processo de armazenagem. Mesmo que muitas empresas ainda enxerguem a armazenagem como um gasto, sua importância dentro do processo logístico não pode ser ignorada pois o que está em jogo nada mais é do que capital empregado em inventário de matéria prima para produção ou produto acabado para venda. O armazenamento é um requisito básico para a maioria das empresas que fabricam, importam, exportam ou transportam mercadorias. Mais do que apenas ser um espaço para guardar o produto, o armazém possibilita a gestão de todo o inventário, oferecer serviços ou atividades de valor agregado, aplicar melhor controle e garantindo que a fábrica ou os clientes recebam seus produtos no prazo, o que acaba resultando em maiores lucros.

A logística de armazenagem, dessa forma, engloba todos os variados e complexos fatores envolvidos no processo de gestão de inventário. Isso inclui organização do layout e otimização de espaço, melhores práticas de movimentação e aumento de produtividade e gestão dos processos que garantam a acuracidade do gerenciamento, além do fluxo de recebimento e expedição, gestão do inventário físico, bem como o de informações mais abstratas como tempo, movimento, etc…. Sendo assim, é parte integrante de qualquer estratégia da supply chain.

 

Uma das principais formas de otimizar o espaço do armazém é entender sua logística, características dos produtos, giro de movimentação e aplicação final do item. Quando os produtos não estão se movendo de um local para outro, eles obrigatoriamente estão em estoque e uma boa gestão traz visibilidade do status ao contratante. A qualquer momento, existem vários produtos sendo armazenados, recebidos e despachados. Portanto, é de suma importância para todo o processo que essa gestão seja feita com conhecimento e informações em tempo real.


Centralização de mercadorias e sua economia

Basicamente, um armazém permite que todos os seus produtos sejam acomodados em um único local, trazendo ordem aos produtos de sua empresa. Assim, torna-se mais fácil receber, estocar e distribuir mercadorias, reduzindo o trabalho e os esforços investidos para realizar essa tarefa de acordo com cada canal de distribuição ou consumo. Não só isso, como o custo de transporte também é reduzido consideravelmente. 

 

Um armazém eficiente, portanto, também precisa de profissionais qualificados para identificar, classificar e despachar produtos assim que uma remessa é recebida. Isso exige, obviamente, um sistema aprimorado de rastreamento de todos os bens e produtos. Porém, quando feito de forma correta, a logística de armazenamento oferece uma ampla gama de benefícios econômicos para o negócio. Em primeiro lugar, porque permite que os bens se acumulem, servindo como um sistema de verificação e permitindo um equilíbrio entre a demanda e a oferta de bens. 

 

Em períodos de flutuação, um estoque é útil para manter mercadorias cujas demandas são consideravelmente baixas, enquanto produtos com uma demanda consistente continuam circulando. Além disso, nos casos de produtos perecíveis, os profissionais encarregados auxiliam no envio de mercadorias que estão no limite do prazo de validade ao invés de acumulá-las no estoque, reduzindo custos com danos. Da mesma forma, os custos de envio, transporte e entrega são minimizados, aumentando os lucros do negócio de forma relevante.


Os benefícios e ações necessárias

Desta maneira, a vantagem básica da logística de armazenamento é simples: aumento da receita. Quando suas operações de armazenagem funcionam sem problemas, o estoque é devidamente contabilizado; o item certo é enviado na hora certa; o estoque é reabastecido quando necessário; menos erros de separação ocorrem e todas as pessoas, processos e sistemas estão no lugar onde deveriam. Em suma, toda logística opera com mais eficiência. Com menos erros e problemas, a receita dos negócios é maximizada.

 

Para isso, é preciso garantir certas ações, como:

 

  • Escolher o local certo para o seu armazém, considerando os custos de transporte e as áreas de maior demanda.
  • Certificar-se de que possui capital suficiente para montar o armazém.
  • Ter uma planta otimizada para aumentar o espaço de armazenamento, prevenindo acidentes e funcionando de maneira eficaz. 
  • Contratar profissionais para lidar com as tarefas do armazém. 
  • Selecionar equipamento e maquinário corretos para o armazém..

 

Ao implementar uma logística de armazenamento sólida, é possível:

 

  • Garantir contagens de estoque precisas e em tempo real, sabendo a quantidade correta de mercadorias e sua localização específica dentro do seu armazém.
  • Diminuir as devoluções, tendo uma visão precisa do seu estoque para enviar o item certo já na primeira vez.
  • Reposição automática de estoque, sem ter que esperar até estar sem o produto para solicitar mais.
  • Maximizar o espaço, podendo automatizar as rotinas do armazém, como rotação de estoque e separação.

Tecnologia e aumento de eficiência

Dentro de especificações de uma correta gestão da logística de armazenamento, um sistema de gerenciamento de armazém – WMS – Warehouse Management System, fornece uma visão em tempo real do seu estoque e fornece as ferramentas necessárias para gerenciar seu armazém de maneira eficaz, eficiente e lucrativa. Na verdade, um WMS não é apenas uma maneira segura de melhorar sua logística, mas basicamente uma obrigação para aumentar sua eficiência. Mais do que um sistema de controle de estoque, os sistemas de gerenciamento de armazém assumem a coordenação de toda a logística do estoque, desde o controle e gerenciamento de estoque até o atendimento de pedidos. 

 

Inclusive, muitos softwares de WMS hoje já incorporam ferramentas móveis, para que seus gerentes de armazéns e funcionários possam consultar o sistema em trânsito, via smartphone. O WMS, assim, combina ferramentas de gerenciamento tradicionais com sistemas de controle de armazenamento para criar uma sinergia de todo o estoque, melhorando sua logística geral, do recebimento do estoque à remessa.

Principais desafios

Sem dúvida, um WMS pode transformar suas operações e otimizar a logística. Porém, uma ferramenta de software, por mais poderosa que seja, não está livre do erro humano, especialmente quando não há especialização adequada dos profissionais. Gerentes de armazém e, até certo ponto, todos os funcionários envolvidos devem ser bem treinados no uso de seu equipamento e WMS, assim como de toda gestão da logística de armazenamento.

 

A logística do armazenamento não é estática. Ela muda com suas necessidades físicas, seu estoque, seus funcionários e quaisquer outros fatores envolvidos. No final, embora você possa implementar ferramentas e procedimentos para ajudar a gerir e controlá-la, as operações dependem da vigilância, do treinamento adequado e de políticas em evolução.

 

Alguns dos principais desafios na logística de armazenamento incluem:

  • Ter um local apropriado
  • Localizar um item com precisão
  • Tratamento de danos adequado
  • Ter estoque suficiente
  • Correto uso de ferramentas e tecnologia
  • Comunicação clara e objetiva
  • Gerenciamento de tempo eficiente
  • Ter profissionais qualificados

 

Caso produtos danificados não sejam identificados e descartados do estoque, eles consumirão espaço que poderia ser usado para armazenar outros itens. Esses desafios sempre existirão com a logística de armazenamento. Por isso, usar as ferramentas certas para monitorar e coletar dados é vital.

 

Além disso, localizar um item dentro do armazém sem o correto controle é impossível se o estoque for grande. Um software WMS pode ajudá-lo a localizar o item rapidamente, mas somente se o profissional responsável entender corretamente como funciona e utilizar os dados de forma eficiente. A logística do armazenamento é tão eficiente quanto os dados coletados. Sendo assim, implementar um sistema confiável e ter funcionários bem treinados que o entendam e mantenham estes dados atualizados são alguns dos desafios mais complexos.

Terceirização e foco no core business

Ainda que traga inúmeras vantagens, os desafios podem tornar a eficiência da armazenagem menor ou até mesmo criar um problema no lugar de uma solução. Dessa forma, a terceirização da logística de armazenamento, assim como de todo supply chain, acaba sendo um benefício. Isso porque permite que sua empresa foque apenas no seu core business, sem precisar se preocupar com a gestão dos processos e dos profissionais envolvidos. Assim, os gastos não apenas são reduzidos, como corretamente destinados, evitando erros e implementando melhores soluções. 

 

 A Vendemmia, por exemplo, atua com logística integrada, tendo experiência em soluções avançadas que possibilitam resolver todo tipo de problema de forma eficiente, em qualquer estágio do processo logístico. Por operar com estruturas próprias, a empresa consegue maximizar os ganhos do supply chain por meio de benefícios tributários, financeiros e aduaneiros. Dentro desses investimentos, o destaque vai para os dois armazéns próprios da empresa, sendo um em Santa Catarina e outro, mais recente, em Itapevi, São Paulo, próximo ao aeroporto de Viracopos. Perto de diversos condomínios logísticos, o novo armazém possui características para atender tanto o mercado de matérias-primas quanto de produtos manufaturados. 

 

Isso é importante porque, para oferecer o serviço end-to-end, é fundamental poder fazer uma gestão com estrutura própria, especialmente em uma localização estratégica. Assim, a gestão do estoque é a principal atividade de valor agregado ao se contar com um especialista em logística integrada. Isso vale também para empresas que já possuem armazém, visto que a gestão 4PL melhora todos os processos de movimentação, diminuindo custos, otimizando espaços e garantindo produtividade.

 

Além disso, a Vendemmia é a única do setor que possui uma plataforma tecnológica própria, que traz em um único ambiente toda a visibilidade da cadeia. O resultado é um sistema de gestão robusto para controlar as solicitações do cliente, como tipo de produto, serial number, lote, validade, entre outros, assim como de toda gestão da rota do transporte das mercadorias. A logística integrada garante, dessa forma, um fluxo contínuo de atividades em toda a cadeia de abastecimento, reduzindo atrasos com a capacidade de detectar quaisquer problemas em todo o processo, incluindo armazenagem. 


Leia mais assuntos: