Vendemmia

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

5 principais erros da gestão de logística

Entenda como evitar falhas na hora de executar estratégias e como o 4PL pode ajudar

 

Gerenciar uma cadeia de suprimentos é sempre uma tarefa desafiadora e requer o desenvolvimento de diversas atividades que, se bem executadas, podem agregar mais valor ao seu negócio. Mais do que isso: uma má gestão de logística pode trazer consequências desastrosas. De fato, por meio de uma gestão eficiente, sua empresa consegue reduzir custos, melhorar os prazos de entrega, fidelizar os clientes, aumentar a produtividade e criar novas oportunidades. Essas vantagens são potencializadas no 4PL, já que a logística integrada facilita a gestão e minimiza erros. 

 

Ao cometer erros de gerenciamento nesse processo, o desempenho e a qualidade de toda a cadeia de supply chain são afetados. Porém, como reconhecer os principais erros e evitar que todo o processo de logística de sua empresa seja comprometido?

 

Selecionamos as cinco principais falhas na gestão logística que sua empresa precisa evitar. 


1) Estoque desequilibrado

O investimento em estoque é geralmente um dos mais significativos em logística que sua empresa utiliza de forma contínua. Assim como qualquer investimento, o retorno dependerá muito de sua habilidade em empregar esses recursos nas ações certas e no momento correto. Estoque demais custa dinheiro não apenas para comprar, mas também para armazenar. Estoque lento ou parado não apenas deprecia o valor de mercado com o tempo, mas também acumula custos de armazenamento que corroem as margens de lucro. 

 

Muito pouco estoque, por outro lado, custa dinheiro em vendas perdidas, já que a falta de  produto ou de bens levará seus clientes à concorrência em busca do que precisam. A perda de reputação e fidelidade pode nunca pode ser recuperada, e isso passa diretamente pela estratégia logística, inclusive no 4PL. 

 

Para ter um estoque sempre equilibrado, é preciso usar cálculos de compra corretos, incluindo ao menos um cálculo de reabastecimento de estoque mínimo / máximo. Sistemas de planejamento de estoque mais avançados levam em consideração fatores como lead time do fornecedor, frequência de pedidos, pedidos abertos e pedidos pendentes, níveis de estoque de segurança e variações no histórico de demanda.

 

2) Falta de comunicação adequada

 

Ruídos ou desorganização na hora de repassar informações podem causar grandes danos ao desempenho do seu negócio. A falta de comunicação entre os diferentes setores possibilita mais chances de uma atividade interferir negativamente em outra. Por exemplo, se o setor de produção não passar as datas e informações corretas, o setor de transporte será impactado em sua organização para fazer a entrega dos produtos no prazo. O resultado disso é sempre um só: cliente insatisfeito.

 

Para evitar esse tipo de problema, é fundamental que todos os setores trabalhem em conjunto. A gestão logística deve atuar de forma integrada com as demais áreas, estabelecendo um canal de comunicação direto. Como parte dessa ação, é preciso incentivar constantemente os funcionários a expressarem suas opiniões e compartilharem ideias, aumentando seu engajamento e sua motivação no ambiente de trabalho. A logística integrada também entende que a comunicação bem estruturada é a melhor forma de evitar problemas por falta de informação.

 

3) Uso de tecnologia ultrapassada

 

Equipamentos, sistemas de armazenamento e tecnologia podem ser caros e, por isso, algumas empresas evitam fazer esse tipo de investimento, mantendo sistemas e ferramentas ultrapassadas. Porém, isso não deixa de trazer impactos na saúde financeira, como horas extras para atender as demandas. O investimento em tecnologia, ao contrário, é sempre pago rapidamente em custos de mão de obra reduzidos, maior precisão e qualidade na entrega, assim como agilidade e segurança aprimoradas.

Uma empresa que não possui recursos de tecnologia adequados pode, assim, enfrentar vários problemas, como inconsistências, erros, atrasos e perdas. O uso de sistemas especializados de logística e gestão de supply chain, especialmente no 4PL, aumenta a visibilidade de seus processos e traz mais precisão à sua execução. Entre seus muitos benefícios, a tecnologia permite monitorar cada etapa da linha de produção, reduzir a força humana e os erros, além de otimizar seu fluxo operacional por meio da automação de tarefas. 

 

Para entender todas as vantagens de investir em tecnologia de ponta na sua empresa, leia este artigo do blog.


4) Falta de equipamento adequado

O gerenciamento da cadeia de suprimentos requer um conjunto específico de ferramentas e equipamentos para operações de depósito eficientes. Isso porque são vitais para mover ou despachar mercadorias pesadas dentro do depósito. A falta de equipamentos adequados, como lonas e empilhadeiras, pode causar danos aos produtos frágeis, assim como retardar as operações do armazém e afetar a eficiência de carregamento e transporte.

 

As ferramentas de rastreamento, por sua vez, permitem que os clientes saibam o andamento de suas remessas e quando devem ser esperadas. Elas também possibilitam o acompanhamento e a notificação do cliente na chegada da entrega. Já a empresa obtém informações precisas sobre a chegada da remessa ao destino de sua preferência e evita, com isso, perdas causadas por dados incorretos. Isso permite rastrear mercadorias em trânsito e atender clientes que aguardam a chegada de seus pedidos.


5) Gestão com visão limitada

Uma cadeia de suprimentos totalmente otimizada não deixa de enfrentar alguns riscos, incluindo atrasos na entrega, problemas com fornecedores, problemas de qualidade, aumento na demanda e escassez de suprimentos. Embora esses sejam desafios esperados, dos quais todos os gerentes de logística devem estar cientes, é quase impossível abordá-los internamente de uma só vez. Com isso, perde-se a oportunidade de avaliar corretamente a melhor maneira de minimizar esses riscos. 

 

Por isso, uma solução adequada é a contratação de uma empresa de logística integrada que fará essa gestão, unificando ações dentro do conceito da cadeia de suprimentos. O 4PL, então, é encarregado de integrar todas as áreas e recursos dentro de uma operação logística. Isso permite que os desafios possam ser enxergados de forma ampla, tendo soluções adequadas para cada um deles e podendo executar todas de uma só vez.

 

Quer conhecer os benefícios que uma empresa de logística integrada pode trazer ao seu negócio? Leia mais neste artigo do blog.


Evitando erros com a logística integrada

Antecipar todos esses problemas e já apresentar suas soluções é uma das principais vantagens na contratação de uma empresa 4PL. A Vendemmia, por exemplo, é especializada em logística integrada, com experiência e equipe que possibilitam resolver erros e problemas de forma eficiente em todas as pontas do processo logístico. Além disso, possui contatos que permitem viabilizar espaço em navios e outros meios de transporte, assim como soluções tecnológicas que facilitam a cadeia logística. Prova disso é a nova plataforma digital criada pela empresa, que agrega em um único ambiente toda a visibilidade dessa cadeia.  

 

Uma gestão logística com menos erros possibilita evitar perdas financeiras, otimizando processos internos e externos e gerando mais awareness junto ao cliente. A Vendemmia hoje é a única do setor que consegue operar por meio do 4PL com estruturas próprias. Isso significa possuir armazém, transportadora e importação próprias, maximizando os ganhos dessa cadeia por meio de benefícios tributários, financeiros e aduaneiros. Vantagens que não só melhoram o processo logístico, mas evitam falhas que podem comprometer toda a gestão. 


Leia mais assuntos: