Vendemmia

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

Saiba como escolher o tipo de armazenagem para o seu negócio

Entenda seus benefícios e como fazer para escolher o formato ideal para sua empresa

Não importa o tamanho do seu negócio, o armazenamento é uma das partes mais importantes da cadeia de suprimentos de qualquer empresa. Isso porque os armazéns são utilizados para produtos acabados e matérias-primas, mas também para serviços de embalagem e distribuição, entre outros aspectos. Trata-se de um fator chave para o sucesso do processo logístico e, por conta disso, precisa ser bem planejado, o que inclui o tipo de armazenagem ideal para o seu negócio. 

 

Em termos gerais, o armazenamento é um requisito para a maioria das empresas que fabrica, importa, exporta ou transporta mercadorias. Muitos podem enxergar isso como uma despesa desnecessária, porém, é algo que pode realmente fazer sua empresa economizar dinheiro e aumentar sua produtividade. Basicamente, um armazém oferece melhor controle sobre seu estoque e garante que os clientes receberão seus produtos no prazo, o que acaba resultando em lucros maiores.

Sendo assim, o armazenamento é mais do que apenas estocagem para sua operação. Na realidade, atua também como controle da quantidade de mercadorias que sua empresa possui, sendo extremamente útil, por exemplo,  no caso de seu volume de estoque ultrapassar a quantidade projetada durante os meses de pico. Um armazém bem planejado lida com os bens excedentes e a demanda futura de sua operação.

 

Ao implementar uma logística de armazenamento sólida e inteligente, é possível:

  • Garantir contagens de estoque precisas e em tempo real;
  • Controlar lotes, serial numbers, validades, temperatura de produtos específicos;
  • Diminuir as devoluções, tendo visão precisa do seu estoque;
  • Garantir uma melhor acuracidade de inventário, evitando perdas e impactos econômicos;
  • Fazer a reposição automática de estoque;
  • Maximizar o espaço;
  • Aumentar a produtividade de movimentação de materiais com processos enxutos;
  • Reduzir prejuízos ligados à obsolescência e avarias em produtos;
  • Otimizar e maximizar as locações de armazenagem de acordo com as necessidades de cada produto;
  • Melhorar a experiência do cliente com a qualidade dos serviços.

 

Entretanto, é preciso também entender os tipos de armazéns que sua empresa pode utilizar e quais se encaixam melhor em seu modelo de negócio. 

Tipos de armazém

Podemos entender os armazéns como grandes estruturas em que as matérias-primas ou produtos acabados são estocados para serem posteriormente distribuídos para venda. Entretanto, os armazéns não são todos iguais. Ao contrário, possuem diferentes tamanhos e estruturas, diferenciando-se também em suas características e tipos de controle, com variedade de propósitos e estruturas de negócios distintas.

 

Por isso, ainda que seu negócio precise obrigatoriamente utilizar um armazém para obter um processo logístico mais eficiente, é preciso entender qual tipo se encaixa melhor em seu atual momento e área de atuação. Temos três modelos que podem servir para sua empresa: armazém próprio, contratado ou terceirizado.

Armazém próprio

Muitos negócios se verão diante da escolha entre alugar, terceirizar ou comprar um armazém. Em última análise, a decisão deve ser tomada com base nas necessidades individuais e no capital disponível de cada empresa. Há uma série de fatores a serem considerados ao tomar a decisão de comprar ou alugar um armazém, como capital disponível, crescimento futuro projetado, armazenamento e espaço requisitado, entre outros.

 

No entanto, o armazenamento próprio possui algumas características que, dependendo das necessidades de seu negócio, trazem mais facilidades. Comumente, os armazéns privados pertencem e são operados por atacadistas, distribuidores ou fabricantes. O custo de propriedade ou arrendamento dessas grandes instalações e de pessoal, muitas vezes, restringe o uso de depósitos privados para empresas ou fabricantes maiores. Isso não significa, porém, que empresas de porte menor não possam adquirir um armazém próprio e usufruir de seus benefícios.

 

A principal questão de possuir um armazém próprio é que toda mão de obra também fica a cargo da empresa. Da mesma forma, os equipamentos e a tecnologia utilizados. Portanto, é um modelo em que há um controle absoluto por parte da empresa, mas também de toda sua manutenção e cuidados. 

 

Um dos benefícios de ter um armazém é a flexibilidade que acompanha a posse do imóvel e a liberdade de construir da maneira que melhor convir para o seu negócio. Em um armazém contratado ou terceirizado, não há possibilidade de realizar alterações na propriedade, tendo já uma estrutura definida para estantes de paletes, pisos de mezanino e layout. Por outro lado, se você for o proprietário do imóvel, sua empresa está livre para fazer as alterações que julgar necessárias para facilitar o crescimento do seu negócio, como ampliações de edifícios ou reformas para aumentar a capacidade de armazenamento do seu espaço. 

 

Outra vantagem de possuir seu próprio armazém é a estabilidade que vem com a posse do imóvel e do terreno. Ao contrário das taxas de aluguel, que invariavelmente serão revistas e corrigidas após determinado período, um armazém próprio não terá esse tipo de custo, permitindo um planejamento financeiro preciso para o futuro de seu negócio. Ter seu próprio armazém também permite a estabilidade de crescimento de sua empresa em um único local. Por outro lado, em um espaço alugado, uma possível não renovação do contrato resultará em uma realocação que pode ser inconveniente para a empresa. 

 

Um armazém próprio também significa ter um ativo em mãos. Comprar um imóvel comercial ou terreno é semelhante a comprar um imóvel residencial, pois é um investimento com potencial de aumento de valor. À medida que o valor da propriedade aumenta no mesmo ritmo que o seu negócio cresce, ele também pode ser usado como capital em empréstimos para potencializar ainda mais o crescimento do seu negócio. Além disso, a propriedade ou o terreno podem ser vendidos caso sua empresa precise de capital por qualquer motivo.

Armazém terceirizado

Muitos negócios hoje optam por contar com especialistas para cuidar de determinadas áreas, o que inclui o armazenamento. Na realidade, em um modelo 4PL, a armazenagem faz parte do planejamento de toda cadeia de suprimentos  A logística integrada atua, dessa forma, para unificar suas ações dentro do supply chain, envolvendo toda cadeia de produtos ou mercadorias de uma empresa, indo desde o planejamento de compras de matéria-prima até a entrega do produto finalizado ao cliente final. Por isso, já inclui todas as demais etapas da logística convencional, como estocagem, distribuição e transporte. 

 

Armazenamento e abastecimento são atividades que consomem muitos recursos – seja infraestrutura, operações ou manutenção. A terceirização das operações de armazenamento, assim, pode ajudar sua empresa a economizar custos em despesas adicionais de contratação de pessoal de armazenamento, tecnologia, infraestrutura, segurança, seguro e assim por diante. 

 

Além disso, a gestão de armazenagem é considerada indispensável quando os clientes esperam o melhor de suas operações de armazém, especialmente nas fases iniciais de produção ou importação de produtos. Uma das principais razões pelas quais a terceirização de armazenamento se mostra benéfica é que uma empresa especializada possui WMS (Warehouse Management System), o que permite que você veja instantaneamente como seu estoque está em qualquer ponto do tempo. Especialmente para as pequenas e médias empresas, o custo de configurar seu próprio WMS pode ser tributário em seu balanço patrimonial.

 

O WMS ainda possibilita sua empresa entender mais sobre a demanda e as mudanças no mercado de seus produtos. Da mesma forma, fornece insights para construir o portfólio de SKUs específicos e remover SKUs ou produtos, ajudando sua empresa a acompanhar as demandas do mercado e manter seus clientes satisfeitos, ao mesmo tempo em que torna sua cadeia de suprimentos eficiente e simplificada.

 

Isso devido ao fato de que as demandas dos consumidores são dinâmicas e sazonais. Acompanhar essas mudanças é a chave para o sucesso de todos os negócios e, portanto, as empresas podem enfrentar enormes perdas se não conseguirem atender às demandas dos consumidores com os produtos certos. Uma gestão de armazém terceirizada ajuda também a mitigar esses problemas gerenciando todo o supply chain com recursos próprios e mão de obra especializada. 

Armazém contratado

Neste modelo, temos um híbrido entre o armazém próprio e o armazém terceirizado. Ou seja, a empresa contrata apenas o espaço físico (armazém), mas precisa alocar os profissionais para atuar nele por conta própria. A empresa e o armazém, com isso, firmam um contrato, que pode variar de meses a anos. Este contrato, por sua vez, pode ter uma estrutura de taxas fixas ou operar no modelo de custo acrescido. 

 

O armazém contratado geralmente é utilizado por empresas que precisam alugar um espaço físico para armazenagem, mas desejam escolher os profissionais que irão atuar na área. Dessa maneira, já tendo a mão de obra especializada de sua preferência, alugam o armazém para que estes profissionais possam manejar o estoque e demais serviços, como manuseio, embalagem, etiquetagem, atendimento e atividades semelhantes. 

 

O controle, dessa maneira, é todo interno e a empresa possui autonomia para decidir a forma e o planejamento de todo o fluxo de trabalho, apenas não tendo o armazém como propriedade privada e dispondo de espaço físico alugado. Portanto, toda responsabilidade da operação de armazenagem fica a cargo da empresa, mas sem precisar adquirir a propriedade ou construir um armazém próprio. 

 

A principal vantagem está no controle da operação, que, da mesma forma do armazém próprio, fica inteiramente a cargo da empresa, mas sem a necessidade de arcar com custos de compra de terreno ou o armazém propriamente dito, ainda que não utilize um espaço físico planejado especificamente para o seu negócio. Enquanto a empresa paga apenas pelo espaço que usa, o armazém opera por ordem de chegada. Um armazém contratado pode nem sempre ter o espaço de que você precisa se o seu estoque flutuar com frequência. Normalmente, funcionam melhor para as necessidades de armazenamento de curto prazo, como estoque sazonal.

Como escolher o modelo ideal para sua empresa?

O correto planejamento e escolha do tipo de armazém  que seu negócio precisa depende da análise de diversos fatores, como tamanho de sua empresa, investimento e necessidades de curto, médio e longo prazo. Ainda que um armazém próprio signifique controle total, a responsabilidade também passa a ser apenas dos profissionais internos, o que pode desviar o foco da empresa de seu core business. Da mesma forma com o armazém contratado, visto que será preciso dar uma atenção ao supply chain, que não necessariamente corresponde ao foco da empresa. 

 

É justamente por isso que a terceirização da logística de armazenamento, assim como de todo supply chain, acaba sendo um benefício. Ao delegar a gestão do armazém, assim como de toda a cadeia de suprimentos, para uma empresa 4PL, seu negócio passa a focar exclusivamente em seu core business.  A Vendemmia, por exemplo, atua com logística integrada com experiência em soluções avançadas que possibilitam resolver todo tipo de problema de forma eficiente, em qualquer estágio do processo logístico. 

 

Isso resulta também em redução de gastos, mas também no correto investimento dos recursos, visto que a gestão passa a ser feita de forma especializada, evitando erros e implementando melhores soluções. Além disso, a empresa é a única do setor que possui uma plataforma tecnológica própria, que traz em um único ambiente toda a visibilidade da cadeia, além de operar com estruturas próprias, incluindo armazém. Dessa maneira, consegue maximizar os ganhos do supply chain por meio de benefícios tributários, financeiros e aduaneiros. 


Leia mais assuntos:

_linkedin_partner_id = "3373314"; window._linkedin_data_partner_ids = window._linkedin_data_partner_ids || []; window._linkedin_data_partner_ids.push(_linkedin_partner_id);